sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

PARTIR


PARTIR

Quando eu partir
Tiver deixado este mundo
Não me pesará a terra
Nos ombros
De seixos, pedras
Fragas ou mármore
Não sentirei mais nada
Deixarei de ser
O que sou, quem fui
Na vida que vivi
Quando eu partir alguém
Que peça a Deus
O perdão que eu não pedi
Que reze muito por mim
E acenda-me uma simples vela.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca