terça-feira, 25 de novembro de 2014

"NOTAS" Pinto as notas de meu querer......


"NOTAS"

Pinto as notas de meu querer
Notas flutuantes no cair da tarde
Que atingem os nossos momentos
Sonhos maravilhosos e belos
Onde o nosso amor é testemunha.
O vento lá fora sacode as árvores
Ouve-se o barulho dos galhos
Deito-me nos teus braços e adormeço
Ao som das notas de uma canção.
A minha alma procura nas tuas palavras
Doçura da tua voz e dos teus beijos.
A esperança de amar e de ser amada.
Mesmo nas noites ventosas e sombrias
Onde a tempestade torna-se calma
E sente-se o orvalho da manhã
Desses momentos eternos em nós!
 
Isabel Morais Ribeiro Fonseca