terça-feira, 18 de novembro de 2014

ANALISE... ESCREVO...


ANALISE... ESCREVO...


Escrevo porque vejo o sol nascer
Escrevo pelas noites mal dormidas
Escrevo pelo amanhecer do teu rosto
Escrevo, escrevo, escrevo e pronto.
Escrevo porque a minha alma precisa
Escrevo por que tenho necessidade
Escrevo pelo amor que eu tenho da escrita
Escrevo pela vida que sinto em estar viva
Escrevo pelas manhãs orvalhadas e perfumadas
Escrevo o amor que vivo e sinto quando estou contigo
Escrevo e ninguém tem nada a ver com isso.
Escrevo pelas estrelas que brilham no céu
Escrevo pela lua que guia a minha vida
Escrevo pelo amor mais puro que sinto pelos meus filhos
Escrevo pela simplicidade das palavras
Escrevo por que sou muito amada
Escrevo por que amo muito o meu amado
Não analise, a minha escrita não vale apenas
Escrevo, simplesmente escrevo e pronto.
 
Isabel Morais Ribeiro Fonseca.