quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

"VER-TE"

"VER-TE"

Meu amor
Se eu pudesse abraçar-te agora
Para nunca mais ver-te partir
Reviver os momentos de sonho
Os dias de paixão e desejo
Das palavras loucas vindas do coração
Se eu pudesse parar o tempo
As horas, para amar-te mais
Doce loucura sentida na alma
Morrer nos teus braços fortes e belos
Partir num barco a remos no deserto
E perdemo-nos no oceano dos nossos desejos

Isabel Morais Ribeiro Fonseca