sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Quando




Quando eu morrer
Veste o meu corpo
De poesia numa mortalha
Enfeitada de flores.
”