quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

"AMORE"

 "AMORE"

Termino o poema
Sei que te pareço distante
Fecho o computador aqui estou eu amor
Agarras-me nos teus braços com força
Sinto-me como se estivesse na lua
O nosso amor desentranha-se com ternura
Como se a primavera, a vida, a esperança
Entrasse nela com toda a paixão.

MariaIsabelMoraisRF